CAMINHO DO MAR: Ecoturismo na antiga estrada de Santos

c-mar-7
Construída, nos anos 1920, a rodovia Caminho do Mar foi á primeira estrada revestida de concreto no Brasil. Em 2004, o Governo do Estado de São Paulo abriu parte da rodovia ao ecoturismo. Os visitantes podem percorrer a pé os oito quilômetros que compõem o trecho mais bonito da estrada, em uma caminhada que tem início na divisa de São Bernardo do Campo com Cubatão e se estende até o nível do oceano.

Este passeio é também um pouco da história do Brasil:

1508 - A antiga trilha dos índios Guainás, começou a ser usada pelo homem branco.
1554 - Caminho do Padre Anchieta.
1788 - Calçada do Lorena, a maior obra da engenharia Portuguesa no Brasil.
1841 - Estrada da Maioridade, transporte de passageiros por meio de diligências.
1864 - Estrada do Vergueiro, recebeu diversas melhorias sob a liderança de Nicolau Vergueiro.
1910 - Caminho do Mar.
1920 - A primeira estrada a receber pavimentação de concreto no Brasil (e na América Latina).
Após a nossa caminhada, seguiremos para a Mística Vila Inglesa de Paranapiacaba onde teremos almoço incluindo bebidas não alcoólicas.

6 Comentários

  1. Vera Leite disse:

    Vc pode me dar informações sobre o passeio do caminho do Mar.

    • nasnuvens disse:

      Oi Vera, ao longo do ano fazemos uma “CAMINHADA NA SERRA DO MAR – ESTRADA VELHA DE SANTOS”
      é sempre com almoço em PARANAPIACABA. Detalhes enviados ao seu e-mail.

  2. Márcos disse:

    Tenho interesse em fazer o caminho a pé dos 8km

    • nasnuvens disse:

      Muito obrigado pelo interesse Marcos! Este caminho é realmente muito bonito, além de histórico.
      Em breve faremos uma caminhada e enviaremos um convite pra você.

  3. Sou a Amanda Da Silva, gostei muito do seu artigo tem
    muito conteúdo de valor parabéns nota 10 gostei muito.

    • nasnuvens disse:

      Oi Amanda, muito obrigado! São comentários como o seu que nos motiva a continuar desenvolvendo nosso trabalho. Que bom que gostou, grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *